Motorista de van atropela pedestres em Toronto, no Canadá

Share:
Compartilhe Essa Matéria



Polícia diz que cerca de dez pessoas foram atropeladas. Segundo a imprensa local, suspeito foi detido em outra região da cidade.


s em Toronto, no Canadá, nesta segunda-feira (23). Segundo a polícia local, o veículo fugiu da cena em seguida.
As primeiras informações falam em cerca de dez pessoas atropeladas e os paramédicos ainda fazem atendimento no local.
O veículo da cor branca teria subido a calçada na região da rua Yonge com a avenida Finch por volta da 13h30 (horário local).
Uma parte do serviço de metrô da Linha 1 da cidade foi fechada pela polícia.
Suspeito preso
Segundo a imprensa local, o motorista da van foi preso momentos depois e levado para delegacia, mas a polícia ainda não confirmou a informação.
O primeiro-ministro do Canadá Justin Trudeau falou sobre a situação aos jornalistas: "Ainda estamos tomando conhecimento do que aconteceu em Toronto. Nossos corações estão com todos os atingidos."
O prefeito de Toronto, John Tory, divulgou um comunicado: "Aconteceu um incidente trágico na rua Yonge com a Avenida Finch. Meus pensamentos estão com aqueles afetados por este incidente com os que estão trabalhando para ajudar os feridos. Falei com o chefe Mark Saunders e meu escritório está sendo atualizado sobre o ocorrido. Ofereci qualquer ajuda que a polícia possa precisar da prefeitura para esta investigação."
Nas redes sociais, pessoas próximas da região registraram o trabalho de paramédicos. Algumas testamunhas disseram ao canal City News que "pessoas foram arremessadas para todos os lados".
"Ouvimos um barulho de batida alto e alguém grtando", disse uma das testemunhas. "Alguns quarteirões para frente tinha um homem deitado na rua. Ele tinha sido atingido por um veículo. Os sapatos dele estavam jogados longe. Claramente ele tinha sido atingido fortemente e arremessado longe".

Via: G1

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres


// O corpo do texto deve ficar no lugar deste comentário. //

Nenhum comentário