20 de mar de 2018

Tecnologia da NOM faz mais uma vítima

Compartilhe Essa Matéria


Mulher morre no Arizona após ser atingida por carro do Uber com direção autônoma


Um veículo de direção autônoma do Uber atropelou e matou uma mulher que estava atravessando a rua no Estado norte-americano do Arizona, informou a polícia nesta segunda-feira, na primeira fatalidade causada por um veículo autônomo e um potencial golpe na tecnologia que deve transformar o transporte.

A companhia de transporte disse que estava suspendendo os testes de seus veículos autônomos na América do Norte, que estão acontecendo atualmente em Arizona, Pittsburgh e Toronto.
Essa foi a primeira morte causada por um carro com direção autônoma, que ainda está sendo testado em todo o mundo em uma corrida de alto nível das montadoras globais e empresas de tecnologia que esperam que veículos autônomos transformem o transporte e o negócio de serviços de transporte compartilhado.
Os chamados carros-robôs, quando estiverem inteiramente desenvolvidos por companhias como Uber, Alphabet e General Motors, deverão reduzir drasticamente as vítimas provocadas por veículos a motor e criar negócios bilionários.
Mas o acidente desta segunda-feira ressalta os possíveis desafios à frente para a promissora tecnologia, uma vez que os carros enfrentam situações do mundo real.
No momento do acidente, que aconteceu na madrugada de domingo para segunda-feira, o carro estava a uma velocidade de 65 km/h no modo autônomo com um operador atrás do volante, disse a polícia de Tempe.
"O veículo seguia para o norte... quando uma mulher fora da faixa cruzou do oeste para o leste, quando foi atingida pelo veículo do Uber", disse a polícia em um comunicado.
A polícia identificou a vítima como Elaine Herzberg, de 49 anos, que estava atravessando numa bicicleta. Herzberg morreu no hospital devido à gravidade de seus ferimentos, disse a polícia.
Imagens de televisão feitas no local mostraram uma bicicleta amassada e um Volvo XC90 SUV com a frente quebrada.
A Volvo confirmou que o veículo era um Volvo XC90, mas disse que o software que controlava o SUV não era próprio.
Órgãos federais reguladores de segurança estavam enviando equipes para investigar o acidente. O Ministério de Transportes do Canadá em Ontario, onde o Uber está conduzindo testes, também disse que estava analisando o acidente.
Na sexta-feira, a unidade autônoma da Alphabet, a Waymo, e o Uber pediram ao Congresso para aprovar uma legislação abrangente para acelerar a introdução de carros de direção autônoma nos Estados Unidos. Alguns parlamentares democratas bloquearam a legislação por questão de segurança e o acidente desta segunda-feira pode dificultar a rápida aprovação da lei, disseram assessores de parlamentares.
O acidente "provavelmente será negativo para todos os fabricantes de automóveis e fornecedores com aspirações de direção autônoma", escreveu Glenn Chin, analista do Buckingham Research Group, em uma nota.
O Arizona abriu espaço para empresas que testam veículos autônomos como meio de crescimento econômico e de empregos.
Via: Terra

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres


// O corpo do texto deve ficar no lugar deste comentário. //

Dobson Lobo é CEO do site União dos Livres desde 2008, do site A Bio Defesa desde 2014e do site The Zika Virus desde 2016. 

0 comentários: