Publicidade

Últimas Notícias
recent

China Está Se Preparando Para Escassez Alimentar Global

Por que a China está obcecada com a compra de todas as sementes no mundo?

A China está devorando grandes empresas de sementes para satisfazer seu apetite crescente de suas empresas de alimentos.
Duas semanas atrás, a empresa ChemChina completou a aquisição de  44.000 milhões de dólares para a gigante suíça de pesticidas e sementes Syngenta. Esta é a maior aquisição estrangeira que a China fez em sua história.
A multinacional Dow Chemical anunciou que um fundo para a agricultura bancado pelo governo chinês vai pagar 1.100 milhões de dólares para obter sementes de milho de empresas brasileiras voltadas para negócios e pesquisa.

As empresas chinesas gastaram 91.000 milhões na última década na compra de cerca de 300 empresas nos setores da agricultura, produtos químicos e alimentos, segundo a Dealogic plataforma de mercados financeiros.

Mas porque esta enorme farra de gastos o que é isso?

Especialistas dizem que as compras vão seguir um plano da China para melhorar a sua capacidade quanto ao estoque de alimento para sua população, que está perto de alcançar os "1.400 milhões de pessoa".

As últimas compras de sementes mostram que a China quer adquirir os conhecimentos científicos necessários para melhorar o rendimento de suas colheitas domésticas, argumentou Stuart.


"Os países vão se preocupar cada vez mais em garantir o acesso contínuo ao fornecimento de alimentos no caso haja uma escassez", disse Bailey.

Muitas empresas chinesas estão comprando empresas do setor de alimentos e são apoiadas pelo governo. Dado o cenário de falta de alimentos há um risco de que as empresas, em vez de cumprir com contratos de trabalho, "se concentrem em voltar a comida para o mercado interno", disse Bailey.

As preocupações de segurança nacional foram criados em 2013, quando a China's Shuanghui International Corporation comprou a empresa produtos de carne suína dos EUA Smithfield Food.

A China não é o único país que está trabalhando no reforço da sua capacidade agrícola. Países como a Arábia Saudita e Japão também têm compras relacionadas com o negócio global da cadeia de abastecimento alimentar, mas suas ações não têm um perfil tão elevado como os da China.

Via: cnnespanol

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***
Tecnologia do Blogger.