Publicidade

Últimas Notícias
recent

Gardasil, considerada a vacina mais perigosa pode ser obrigatória para bebês [VÍDEO]


Por DobsonLobo

O Gardasil tem sido objeto de controvérsia há muitos anos. Na verdade, até agora foi considerado uma das vacinas mais perigosas do mercado. 

Talvez o que seja mais alarmante com essa vacina traiçoeira, no entanto, é o fato de que seu fabricante, a Merck & Co, agora quer começar a comercializar seu produto para bebês - e os testes da vacina com bebês já começaram. 

A Merck lançou recentemente um teste da Vacina Gardasil em crianças com pelo menos um ano de idade, e estes testes teve sua conclusão no início deste ano.

O Gardasil foi desenvolvido para a DST (doença sexualmente transmissível) conhecida como HPV e foi aprovado pela FDA em 2006. 

A doença não se tornou preocupante até a década de 1980, quando a primeira pesquisa sugeriu que poderia haver uma ligação entre o HPV e o câncer do colo de útero. No entanto, se este link realmente existe tem sido um ponto importante de contenção. 

Existem várias hipóteses que explicam por que o HPV não pode realmente causar câncer, mas uma teoria particularmente interessante foi expressada por McCormack em seu artigo publicado pela revista Molecular Cytogenetics em 2015. 

A equipe de pesquisa também levantou várias questões importantes sobre a teoria predominante sobre A conexão entre o HPV e o câncer do colo de útero. 

Por exemplo, o HPV está presente em 70 a 80 por cento da população adulta americana, então por que o câncer cervical ou câncer do colo de útero só afeta uma das 10.000 mulheres?

De acordo com o seu trabalho, nem o HPV nem a predisposição genética são necessários para o aparecimento do câncer do colo de útero.

Na verdade, todas as células de câncer de colo do útero analisadas durante o curso do estudo continham novos cariótipos 

anormais. A composição genética desses novos cariótipos anormais sugeriu que os cânceres cervicais são originário dos cariótipos e não de um vírus. Um cariotipo é o tamanho, o número e a forma dos cromossomos dentro de um organismo. 

Sua teoria, chamada de Karyotypic Speciation Theory, sugere essencialmente que "os carcinomas são gerados de novo a partir de cromossomos celulares, genes e proteínas, que não são imunogênicos no hospedeiro de origem (assim como todos os outros tipos de câncer)". Como explicado no site SaneVax.org, Nesta teoria, células de câncer hipotéticas que são geradas por proteínas virais (como HPV) seriam eliminadas por imunidade antiviral.

Então, para colocá-lo simplesmente, os pesquisadores postulam que essas mudanças nos cromossomos celulares estavam ocorrendo independentemente dos estímulos virais (o que seria o HPV), em vez disso por sua vez, torna a vacinação para tal coisa relativamente inútil.. O site SaneVax.org observa que, mesmo após 25 anos de pesquisa sobre o link do câncer de HPV, não foram encontradas respostas definitivas sobre como ou por que causa câncer.

Embora a ligação entre o HPV e o câncer permaneça obscurecido, não havendo evidência de que a vacina Gardasil seja mais prejudicial do que boa. 

A vacina tem sido associada a casos de cistos cervicais, doenças auto-imunes incapacitantes e até mesmo por destruir os ovários das mulheres. 

A Merck admitiu que eles "esqueceram" de ver como uma vacina inicialmente dirigida a mulheres jovens poderia afetar um componente-chave de seus sistemas reprodutivos - ou seja, seus ovários. 

Alguns morreram quase imediatamente após a essa vacinação.

Apesar das reivindicações de segurança sendo pressionadas pela mídia, pela indústria médica e pela Big Pharma, a evidência de que a vacina Gardasil é uma injeção prejudicial contínua a se acumular. Mesmo os profissionais do setor se apresentaram  expressando suas preocupações. A Dra. Diane Harper, líder da pesquisa sobre o HPV envolvida na aprovação da vacina Gardasil, advertiu: "Gardasil tem sido associado a pelo menos tantos eventos adversos sérios como as mortes por câncer cervical que se desenvolvem a cada ano".

Espetar crianças com esta vacina não é apenas injustificado, é bárbaro. 

Infelizmente aqui no Brasil não se faz pesquisas independentes, e nem há bravura daqueles que falam contra a máquina de propaganda que continua a correr sem oposição e sem consequências.

Um gigante farmacêutico deseja obrigar bebês tomarem uma vacina para DST. Isto é realmente um absurdo e ultrajante e nós estamos aqui para denunciar isso.

ASSITIR AO VÍDEO:



Via: Aircrap



Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***
Tecnologia do Blogger.