Publicidade

Últimas Notícias
recent

ARMAS DO FIM DO MUNDO: MÍSSIL TOMAHAWK, AGORA TAMBÉM PODE ATINGIR ALVOS MÓVEIS


Os comandantes podem revisar a missão do míssil de cruzeiro Tomahawk, mesmo depois dele já ter sido lançado
O míssil de cruzeiro Tomahawk já está em voo, quando chega uma chamada. Algo surgiu. Um novo perigo, mais urgente. O comandante toma um nova decisão. O míssil é re-direcionado para o novo alvo, de maior prioridade.
Esta capacidade de alterar a missão de um míssil Tomahawk em tempo real é uma novidade, uma das muitas melhorias que Raytheon está desenvolvendo. Dois testes feitos pela Marinha dos EUA recentemente, provaram que o míssil pode receber e responder a novos comandos em pleno voo. E há outra vantagem no novo Tomahawk: agora ele tem uma alcance maior de que qualquer outra arma similar que possa ser lançada de um navio.
“Estamos muito animados sobre onde a Marinha quer ir com o Tomahawk”, informou Dave Adams, diretor sênior do programa Tomahawk da Raytheon.
Pela primeira vez, a Marinha está considerando usar Tomahawk contra alvos móveis, uma consideração importante, quando usado em mar aberto.
“É único míssil no portfólio do país, em termos de seu grande alcance que pode ser implantado em plataformas navais e submarinas”, disse Adams. “Se você olhar para todos os lugares onde um navio ou um submarino podem ir com o alcance que temos, você literalmente pode cobrir 90 por cento do mundo.”
Os testes da Marinha foram decisivos na evolução do míssil Tomahawk, uma arma de precisão guiada por GPS, que pode voar mais de 1.000 quilômetros, circular no alvo e até mesmo transmitir fotos aos comandantes antes de atacar.
Tomahawk é usado por forças britânicas e americanas para derrotar sistemas integrados de defesa aérea e atingir alvos de alto valor, fixos e móveis.
rtn_194018
Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***


 DOE AGORA

Tecnologia do Blogger.