Publicidade

Últimas Notícias
recent

Homem na Escócia é preso por posts no facebook sobre crise de refugiados


Um homem de 40 anos de idade, na Escócia foi preso por mensagens no Facebook sobre refugiados.
Ele está detido em violação da Lei de Comunicações, que proíbe posts "grosseiramente ofensivas" online. Detalhes de lançamentos do homem não foram tornados públicos, mas foi revelado as observações refugiados sírios envolvidos que foram liquidados em Bute Island.


postar
Um logotipo do Twitter é retratado ao lado do logotipo do Facebook neste 23 de setembro de 2014 ilustração da foto em Sarajevo. REUTERS / Dado Ruvic / Arquivos
Um porta-voz da polícia fez comentários à mídia local, de acordo com Breitbart.
"Espero que a detenção deste indivíduo envia uma mensagem clara de que a polícia Escócia não vai tolerar qualquer forma de actividade que possa incitar ao ódio e provocar comentários ofensivos sobre mídias sociais", disseram eles.

Esta não é a primeira vez que os cidadãos da Europa têm sido levado em custódia por comentários contra o governo ou na crítica da crise migrante.

Em janeiro, a polícia na Holanda foram para as casas das pessoas que fizeram as mensagens que eram "excessivamente crítico" do governo holandês. Facebook concordou em ajudar esses governos.

O governo da Alemanha proibiu uma plataforma de internet de direita, acusando-o de espalhar conteúdo "anti-islâmico" e xenófoba.

Altermedia Deutchland está agora proibida, de acordo com o ministro do Interior Thomas de Maizière, que disse que o "Estado de Direito não permite crime de ódio".

Via: trunews


Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Tecnologia do Blogger.