GOVERNO NÃO PROVA NADA E DIZ: Boato de que vacina de rubéola causou surto de microcefalia

Share:

Andam espalhando que o surto de microcefalia estaria relacionado com uma vacina vencida contra a rubéola, e não com o zika vírus. Mas essa vacina não é aplicada em gestantes e não há registro de que vacinas desse tipo tenham sido utilizadas vencidas
É totalmente falsa a informação de que o surto de microcefalia estaria relacionado com uma suposta vacinação contra a rubéola cujo lote estaria vencido, e não com o zika vírus.
A vacina contra rubéola não é aplicada em gestantes. Não faz sentido dizer que a vacina está causando microcefalia, uma vez que as grávidas sequer recebem essa vacina.
A vacina contra rubéola, que aparece na forma da tríplice ou quádrupla viral, é administrada em crianças com 12 e 15 meses de idade e em adolescentes e adultos que não foram vacinados na infância, não em mulheres gestantes.
Não há registros de que vacinas contra a rubéola tenham sido utilizadas após o vencimento no País. Ao contrário. A vacinação contra a rubéola é motivo de orgulho para o Brasil, que já recebeu da Organização Mundial de Saúde um certificado, considerando a doença oficialmente eliminada do nosso território.
Portanto, essa história de que os casos de microcefalia estão relacionados com a vacina para rubéola é falsa.
Por outro lado, o ministério da Saúde já confirmou, sim, a relação do zika vírus com o surto de microcefalia.
Isso só reforça o cuidado que todos temos de ter no combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor não apenas da zika, mas também da dengue e da chikungunya. 

Via: http://www.brasil.gov.br/

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Nenhum comentário