Publicidade

Últimas Notícias
recent

COMO ASSIM? - ONU propõe usar radiação nuclear para lutar contra o virus Zika



A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) planeja utilizar a radiação nuclear para combater o mosquito transmissor do vírus que Zika se estende por vários países da América do Sul.
Use a radiação nuclear para eliminar ou pelo menos reduzir a população de mosquito, o Aedes aegypti, que transmite o vírus Zika ser um dos temas centrais que o diretor-geral da AIEA, Yukiya Amano, tente em um passeio que leva você de Segunda a vários países da América Central e México.
"A tecnologia para a esterilização de insetos é muito eficaz na redução ou erradicação da população de mosquitos ou outros portadores" da doença, Amano disse em uma entrevista à Agência Efe em Viena (Áustria), na véspera de partir para o Panamá, a primeira etapa de sua visita de duas semanas à região.
O diplomata japonês lembrou que a AIEA, a agência da ONU que supervisiona o uso pacífico da tecnologia nuclear, tem muita experiência e tempo para investigar esta técnica para o controle de pragas.
Além disso, Amano salientou que sua agência tem a capacidade de reagir rapidamente a crises deste tipo e cita o surto de Ebola na África em 2014.
O vírus é transmitido Zika com o mesmo mosquito que transmite doenças como dengue e Chikungunya.

Em seguida, a AIEA enviou uma missão aos países afectados onde as técnicas nucleares são usados ​​para reduzir de quatro dias para quatro horas o tempo necessário para diagnosticar esta doença mortal dentro de algumas semanas.
O inseto estéril já foi usado com sucesso contra a mosca "tsé-tsé" na África, que transmite a "doença do sono" em seres humanos e também afeta o gado.
No entanto, lembre-se que Amano ainda trabalhando na aplicação desta técnica em outros mosquitos que transmitem doenças como Zika, e adverte que o problema "não pode ser resolvido no overnight".
O vírus é transmitido Zika pela picada de mosquito fêmea Aedes aegypti, o mesmo que transporta o dengue e Chikungunya. A infecção provoca febre, exantema e dores articulares.
Este vírus tem causado pânico na América Latina  após a confirmação de seu apego à microcefalia em lactentes.
Via: hispantv
Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Tecnologia do Blogger.