Publicidade

Últimas Notícias
recent

Cúpula da nova era decide o rumo da agenda 2030

Cerca de 150 líderes vão debater novas metas para o desenvolvimento sustentável

A presidenta Dilma Rousseff participa, na sexta-feira (25), da Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. O debate com cerca de 150 líderes tem como objetivo traçar novas metas para o desenvolvimento sustentável. A agenda servirá como plataforma de ação da comunidade internacional e dos governos nacionais na promoção da prosperidade comum e do bem-estar ao longo dos próximos 15 anos.
Acordada pelos 193 Estados-membros da ONU, a agenda proposta, intitulada “Transformando Nosso Mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, consiste em uma declaração, 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas, uma seção sobre meios de implementação e uma renovada parceria mundial, além de um mecanismo para avaliação e acompanhamento. A expectativa é que os países participantes ratifiquem as propostas.
A agenda é única em seu apelo por ação a todos os países – pobres, ricos e de renda média. A pauta reconhece que a erradicação da pobreza deve caminhar lado a lado com um plano que promova o crescimento econômico e responda a uma gama de necessidades sociais, incluindo educação, saúde, proteção social e oportunidades de trabalho. Além disso, contemplar mudanças climáticas e proteção ambiental. Ao mesmo tempo, engloba questões como desigualdade, infraestrutura, energia, consumo, biodiversidade, oceanos e industrialização.
A nova agenda de desenvolvimento sustentável se enquadra no êxito do resultado da Conferência sobre o Financiamento para o Desenvolvimento, recentemente concluída em Adis Abeba (Etiópia). Espera-se que ela também afete positivamente as negociações sobre um novo acordo climático significativo e universal, que acontecerá em Paris (França), em dezembro deste ano.
Em declaração emitida após o consenso dos estados-membros sobre o documento final, da Cúpula, o secretária da ONU, Ban Ki-moon, destacou que a agenda é um “um plano de ação para acabar com a pobreza em todas as suas dimensões, de forma irreversível, em todos os lugares, não deixando ninguém para trás“.
Assembleia Geral da ONU
Depois da Cúpula, começa o debate de alto nível. Na próxima segunda-feira (28), a presidenta Dilma Rousseff vai abrir a 70ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU). O Brasil, por tradição, é responsável pelo discurso de abertura da sessão. Desde 1947, os olhos do mundo inteiro estão atentos e voltados para os pensamentos brasileiros que abrem as discussões.
Via: http://www.brasil.gov.br/
PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

Tecnologia do Blogger.