Publicidade

Últimas Notícias
recent

Estado Islâmico divulga novo vídeo de duas execuções no Egito

Gravação mostra decapitação e fuzilamento de soldado egípcio. 
Grupo egípcio batizado de Província de SInai jurou lealdade ao EI.

Soldado egípcio Ahmed Fathy Abou Al Fotouh Salam aparece em vídeo divulgado pelo Estado Islâmico, pouco antes de ser fuzilado (Foto: Reprodução/YouTube)Soldado egípcio Ahmed Fathy Abou Al Fotouh Salam aparece em vídeo divulgado pelo Estado Islâmico, pouco antes de ser fuzilado (Foto: Reprodução/YouTube)
O braço egípcio do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) divulgou um novo vídeo no qual mostra uma decapitação e a execução de um soldado egípcio, capturado durante um ataque na península do Sinai.
O vídeo, divulgado na sexta-feira em algumas redes sociais, não apresenta informações sobre o indivíduo decapitado. Os jihadistas reservam este tipo de execução para os que consideram "espiões", que são acusados de colaborar com os exércitos do Egito e de Israel.
O grupo egípcio, recentemente rebatizado de "Província do Sinai", reivindicou a maioria dos atentados cometidos ao norte do Sinai desde que o exército derrubou o presidente islamita Mohamed Mursi em julho de 2013.
No vídeo, o soldado egípcio identificado como Ahmed Fathy Abou Al Fotouh Salam mostra a identidade e afirma ter sido capturado durante um ataque contra um posto de controle rodoviário em 2 de abril no norte do Sinai.
Na data, dois civis e 15 soldados morreram em ataques contra cinco postos de controle.
O soldado é fuzilado por um homem encapuzado, que acabara de decapitar outro indivíduo ao seu lado. O corpo da vítima fuzilada foi encontrado no dia seguinte aos ataques de 2 de abril.
O grupo Ansar Beit al-Maqdes mudou o nome para Província do Sinai ao jurar lealdade ao EI, com a intenção de mostrar que a península é parte do califado autoproclamado pelo grupo radical em uma parte da Síria e do Iraque.
Homem não identificado aparece sendo decapitado antes do fuzilamento de soldado egípcio (Foto: Reprodução/YouTube)
Homem não identificado aparece sendo decapitado antes do fuzilamento de soldado egípcio (Foto: Reprodução/YouTube)

Via: G1
PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres

Tecnologia do Blogger.