TERRORISMO? EUA e Israel prepararam carro-bomba contra líder do Hezbollah, diz jornal

Share:

Informação exclusiva foi obtida pelo 'Washington Post'.
Atentando ocorreu em 12 de fevereiro de 2008.


Os Estados Unidos e Israel prepararam o carro-bomba que matou o líder do grupo islamita Hezbollah Imad Fayez Mugniyah no dia 12 de fevereiro de 2008, segundo uma informação exclusiva do 'Washington Post' confirmada ao jornal por cinco ex-altos cargos da Inteligência americana.
Segundo estas fontes, a bomba foi ativada de maneira remota de Tel Aviv por agentes do Mossad, o serviço de inteligência israelense no exterior, que estavam em comunicação com agentes no terreno em Damasco.
Os EUA, de acordo com o jornal, colaboraram na preparação da bomba, que foi testada até 25 vezes em uma instalação da Carolina do Norte para assegurar que não haveria efeitos colaterais, uma participação no carro-bomba que o país nunca reconheceu.
O Hezbollah culpou então Israel pelo assassinato de um líder do grupo xiita que esteve envolvido em alguns de seus atentados mais graves, como as realizados contra a Embaixada dos EUA em Beirute (Líbano) de 1983 e o da Embaixada de Israel na Argentina de 1992.

Até agora tinha vazado pouca informação sobre esta operação conjunta do Mossad e da CIA, explicou o 'Post'.
O jornal explica, além disso, o debate legal que coloca o fato de que o atentado contra o líder do Hezbollah aconteceu em um país contra o qual os EUA não estavam em guerra.
Além disso, foi assassinado com um carro-bomba, uma técnica que alguns analistas legais consideram uma violação das leis internacionais, que proíbem matar com perfídia.
"É um método de assassinato usado por terroristas e gângsteres. Viola uma das mais antigas regras da batalha", considerou em declarações ao 'Post' Mary Ellen O'Connell, professora de direito internacional da Universidade de Notre Dame.
PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres
Via: G1

Nenhum comentário