FICÇÃO NÃO, REALIDADE: Impressora 3D 'Star Trek' teletransporta objetos de um aparelho a outro

Share:
Os filmes de ficção científica não parecem estar tão longe da realidade com a impressora 3D “Scotty”, projetada pela empresa Hasso Plattner. A tecnologia “teletransporta” objetos físicos entre uma máquina e outra, com funcionamento digno para o uso do personagem capitão Spock, no filme de ficção Star Trek. A transmissão demora cerca de 90 minutos e os objetos podem ser personalizados.
Impressora Scotty teletransporta objetos físicos entre as máquinas (Foto: Divulgação/Scotty)Impressora Scotty teletransporta objetos físicos entre as máquinas (Foto: Divulgação/Scotty)
Para começar, vale destacar que essa impressora não é nenhuma invenção da USS Enterprise para integrar uma das naves espaciais da série. Mas pode chegar bem perto. A tecnologia é um dos pontos mais próximos do “teletransporte” atual e funciona ao mesmo tempo em duas Impressoras Scotty ligadas: na primeira é inserida o objeto que deseja enviar e a segunda recebe as informações. Na verdade, é uma “réplica” bem elaborada, que lembra um teletransporte, já que o objeto some da primeira impressora e aparece na segunda.
Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Comente no Fórum do TechTudo.
Processo de envio de dados na impressora 3D com objeto físico (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Processo de envio de dados na impressora 3D com objeto físico (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)
Basicamente, o sistema funciona por meio de camadas. Cada máquina Scotty é equipada com um sistema de análise fotográfica, que registra as informações pelo topo de cada “fatia” feita pelo moedor interno. Esses dados são enviados para a segunda máquina, que reproduz cada etapa na formulação do objeto em 3D, com mesmo formato, tamanho e material.
Objetos podem ser personalizados antes do envio pela impressora 3D (Foto: Divulgação/Scotty)Objetos podem ser personalizados antes do envio pela impressora 3D (Foto: Divulgação/Scotty)
Depois que o mistério é revelado, é possível imaginar as mais interessantes funções para esse equipamento, como enviar presentes personalizados para os familiares, ou fazer surpresas divertidas para os amigos. Segundo os criadores, a ferramenta pode ser útil para quem comprou algum objeto em lojas online, como e-Bay, e não quer esperar o tempo de chegada pelo correio. Dessa forma, apenas o produto duplicado seria aproveitado pelo comprador, sendo a matriz destruída no processo de “transporte”. Ainda não há previsão para o início da comercialização da impressora “Scotty” nem chegada no mercado brasileiro.
Confira esse vídeo de como o processo de teletransporte acontece:
PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres
Via: techtudo

Nenhum comentário