Publicidade

Últimas Notícias
recent

Wikileaks: Equador confirma asilo ilimitado para Assange

Justiça sueca ratificou o mandado de prisão do ativista

O ministro de Relações Exteriores do Equador, Ricardo Patiño, reafirmou a "vigência plena" do asilo concedido ao fundador do site Wikileaks, Julian Assange, após a Justiça sueca ratificar o mandado de prisão contra o australiano.
“O governo do Equador declara a vigência plena do asilo concedido a Julian Assange e reafirma sua intenção de manter esta proteção pelo tempo que for necessário, até que chegue a um lugar seguro”, disse Patiño em coletiva de imprensa.
A Corte de Apelação de Estocolmo confirmou nesta quinta-feira o mandado de prisão contra Assange por abuso sexual. A medida reafirma a decisão da Justiça sueca do dia 16 de julho.
Seus advogados tentavam anular o mandado, mas a Corte afirmou que caso isso fosse feito, ele poderia "fugir" sem responder ao processo. Histórico - Assange encontra-se asilado na Embaixada do Equador em Londres desde 19 de junho de 2012, temendo que a execução por parte da Grã-Bretanha do mandando de prisão emitido pela Suécia possa concretizar a sua extradição para os Estados Unidos, onde corre o risco de ser condenado por espionagem.
O mandado de prisão foi emitido em 2010, após duas mulheres suecas terem o processado por assédio. O australiano nega as acusações.
PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres
Via: Terra
Tecnologia do Blogger.