Paciente contrai superbactéria em emergência de lata em Bonsucesso

Share:

Idoso foi internado há um mês em contêiner do HGB, onde há mais 36



Solução provisória. Um dos contêineres que, há dois anos, passaram a servir de local de atendimento dos pacientes
Foto: Waleska Borges - 12.06.2012 / O Globo

Solução provisória. Um dos contêineres que, há dois anos, passaram a servir de local de atendimento dos pacientes - Waleska Borges - 12.06.2012 / O Globo


RIO — Com problemas de coração, o aposentado João Balbino da Silva, de 81 anos, deu entrada há um mês com pressão alta e quadro de acidente vascular encefálico na emergência do Hospital Geral de Bonsucesso, que, há quase dois anos, funciona em contêineres. Na última quarta-feira, descobriu-se que ele contraiu VRE (Enterococos Resistente à Vancomicina), bactéria com grande resistência a antibióticos. No último dia 8, um parecer da Divisão de Engenharia do próprio hospital alertava para risco de contaminação de pacientes devido ao mau funcionamento do sistema de exaustão da emergência. A Polícia Federal informou que os diretor do hospital e o chefe da emergência serão intimados a depor.
A unidade passou a ser chamada de “emergência de lata” porque, há quase dois anos, três contêineres passaram a servir de local de atendimento de pacientes. Era para ser uma medida temporária, uma vez que a antiga emergência sofreria uma reforma, orçada em R$ 8 milhões. Mas irregularidades constatadas pelo Tribunal de Contas da União levaram à suspensão do contrato. A precariedade da emergência foi mostrada pelo GLOBO em junho passado, com flagrantes de pacientes sendo atendidos no corredor.


 

PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Via: O Globo

Nenhum comentário