Glenn Greenwald critica Google e Facebook por violações de privacidade

Share:
Responsável por revelar ações de espionagem do governo americano, Glenn Greenwald criticou fortemente a postura do Google e do Facebook por não respeitarem a privacidade de seus usuários. O jornalista palestrou nessa terça-feira, 7, no TED Global, evento que debate tecnologia, entretenimento e design que acontece no Rio de Janeiro. 

-----glennGlenn Greenwald falou na conferência TED no Rio
(Imagem: James Duncan Davidson/TED)
"No ano passado, Mark Zuckerberg e a esposa compraram não só uma casa em Palo Alto, na Califórnia, mas todas as casas em volta, para desfrutarem de uma zona de privacidade e impedir que as pessoas vejam o que eles fazem em suas vidas privadas", ironizou Greenwald, referindo-se ao CEO do Facebook, conforme noticiou o G1. 

Greenwald contou com informações do ex-técnico da CIA, Edward Snowden, que teve acesso a dados do esquema de espionagem quando prestava serviços para a Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA). Para o jornalista, acusações de que o ex-funcionário tinha intenção de vender as informações sigilosas são “absurdas e idiotas”. 

Ao defender Snowden, Greenwald argumentou que “se ele quisesse vender segredos para outros países, coisa que o deixaria muito rico, a última coisa que ele faria seria passar isso para jornalistas e pedir para publicar”. Para o profissional, esse tipo de acusação vem do governo dos EUA e de pessoas “que não fazem nada por motivos diferentes de corrupção, então, elas acham que todo mundo é assim". 

TED Globalconferência TED Global inicia sua primeira edição oficial no Brasil com a missão de divulgar “ideias que merecem ser espalhadas”. Ao todo, 66 convidados de diversos países, como cientistas e ativistas, farão apresentações até a próxima sexta-feira, 10. O tema geral desta edição do encontro é “Sul”, justamente por ser uma das raras oportunidades em que o encontro acontece fora do Hemisfério Norte desde quando foi criado, em 1984, nos Estados Unidos.

PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Via: Comunique-se 

Nenhum comentário