Publicidade

Últimas Notícias
recent

700 'DECAPITADOS, CRUCIFICADOS E MORTOS' APÓS REVOLTA CONTRA MILITANTES

Mais sangrento atrocidade cometida pelo Estado islâmico na Síria ...
700 'decapitado, crucificado e morto' após revolta contra militantes

O custo de se voltar contra o Estado Islâmico foi feito brutalmente evidente nas ruas de uma cidade atrasada empoeirado no leste da Síria no início de agosto. Ao longo de um período de três dias, os lutadores vingativos em grão, decapitados, crucificados e disparou centenas de membros da tribo Shaitat depois que ousou se levantar contra os extremistas.
No momento em que a matança parou, 700 pessoas foram mortas, ativistas e sobreviventes dizem, tornando este o mais sangrento atrocidade cometida pelo Estado islâmico na Síria desde que declarou sua existência há 18 meses.
O pouco divulgado história desta falhou revolta tribal em Abu Hamam, no leste da província de Deir al-Zour da Síria, ilumina os desafios que irá enfrentar esforços para convencer as pessoas que vivem sob o domínio do Estado islâmico - no Iraque, bem como a Síria - para se juntar à luta contra o grupo jihadista, algo Autoridades dos EUA dizem é essencial para que a campanha contra os militantes é ter sucesso.

PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Receba Nosso Conteúdo Exclusivo


Notícias Urgentes, Mensagens de Dobson Lobo e etc Uniaodoslivres
Via: Infowars
Tecnologia do Blogger.