ALERTA FALSO: Homem diz estar com Ebola para ser atendido mais rápido no HSJB

Share:
Volta Redonda



Um homem de 35 anos causou uma grande confusão na manhã de hoje, no Hospital São João Batista, em Volta Redonda. Com diarreia e dores abdominais, ele chegou ao local dizendo que suspeitava ter contraído o vírus Ebola, em uma expedição que havia feito recentemente pela África com uma igreja evangélica. Segundo o diretor do São João Batista, Sebastião Faria, o homem fez isso para ser atendido mais rápido e já havia sido atendido na terça-feira, dizendo estar com malária, mas como nada foi constatado ele acabou sendo liberado.
Ainda de acordo com Faria, ao falar sobre a suposta viagem e a suspeita de que havia contraído Ebola, o homem chegou a ser colocado em isolamento e uma equipe foi até a casa dele verificar seu passaporte, para saber por quais países ele teria passado.
- Não sei se ele ouviu alguma coisa, mas ele evadiu do isolamento e o nosso pessoal da ambulância foi atrás, com roupas usadas contra doenças contagiosas, mas não o encontrou. Foi então que a nossa equipe que estava na casa dele disse que ele tinha chegado lá, então a mãe revelou que ele é dependente de droga, faz tratamento psiquiátrico e que havia mentido para ser atendido mais rápido - disse Faria, lembrando que a mulher também contou que todos na casa estavam com diarreia por conta de uma caixa d'água suja.
O caso acabou revelando o despreparado do hospital em realizar o atendimento de um possível caso de Ebola em Volta Redonda.
- Nós não estamos preparados. A recomendação que chegou até nós é que qualquer caso suspeito seja encaminhado ao Hospital Evandro Chagas, no Rio - disse.

PARTICIPAÇÃO
Os leitores podem colaborar com o conteúdo do UL enviando notícias, fotos e vídeos
(de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, Envie sua Notícia para uniaodoslivres@hotmail.com
***DEIXE SEU COMENTÁRIO ***

Via: Diário do Vale

Nenhum comentário