ACHOU: Libéria diz ter localizado pacientes com ebola que fugiram de isolamento

Share:

17 pessoas que estavam isoladas pela doença fugiram no domingo.
Elas foram transferidas para uma outra clínica na capital do país.


Cartazes avisam do risco de contaminação do vírus Ebola, na Libéria. (Foto: Abbas Dulleh/AP Photo)Cartazes avisam do risco de contaminação do vírus Ebola, na Libéria. (Foto: Abbas Dulleh/AP Photo)
O governo da Libéria anunciou nesta terça-feira (19) ter localizado os 17 pacientes com suspeita de ebola que haviam fugido de um centro de isolamento em Monróvia no fim de semana. Eles foram transferidos para uma outra clínica, segundo o ministro da Informação local.
“Estamos felizes de confirmar que todos os 17 indivíduos foram encontrados e agora foram transferidos para o centro especializado em ebola JFK”, disse Lewis Brown. O ministro também informou que três médicos africanos infectados com o ebola que receberam a droga experimental Zmapp estão apresentando “sinais notáveis de melhora”
Os doentes fugiram no domingo (17), após o centro de isolamento ser invadido e saqueado por homens armados com cassetetes e facas.
Brown, porta-voz oficial designado pela presidente Ellen Johnson Sirleaf para todas as questões relacionadas ao ebola, sugeriu a possibilidade de colocar em quarentena o bairro de West Point, de 75 mil habitantes, onde o centro havia sido instalado recentemente em uma escola.
Segundo várias testemunhas, os criminosos gritavam palavras hostis à presidente Sirleaf e diziam que não há ebola no país.

Nenhum comentário