Um extremista em minha porta

Share:


Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado.
(Tiago 4:17)
Bem disse Tiago em sua epístola, pois temos muitas pessoas que conhecem a teoria do bem, mas não á praticam.

Jamais imaginei ver uma pessoa portando uma escritura (Bíblia) debaixo do braço como se fosse uma arma.

Infelizmente o que temos no Brasil é um extremismo apenas antes visto nos países muçulmanos, onde os "fanáticos" de turbantes, decoravam o alcorão e saim por ai atirando bombas, sendo bombas e matando pessoas por causa da sua insanidade religiosa.

Há muitos anos os "evangélicos" lutaram pelo direito de liberdade, pregavam a paz, alguns literalmente deram suas vidas ao trabalho religioso e o que vemos hoje é um bando de terroristas, acusando, difamando, fazendo ameaças de morte e buscando riquezas incondicionais para si e etc...


Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
(Mateus 5:9)


Nosso Messias disse que "os que são da paz" são conhecidos como filhos do Eterno, mas e esses ameaçadores, como são conhecidos?

Um de seus líderes tempos atrás nos chamou de "filhos do diabo", por falarmos contra sua doutrina de prosperidade e abundância terrestre; Sendo que o Messias nunca disse que o seu reino se restringe ou é deste mundo...

Respondeu: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui. (João 18:36)

Antes quando eu via um TJ (Testemunha de Jeová) em minha porta achava que eles eram fanáticos, loucos, de sol a sol batendo nas portas, incomodando a todos, mas mudei meu conceito... O extremismo está em nossa porta é violento, dissimulado, sombrio, é lobo em pele de cordeiro.

Os terroristas não usam turbantes, não falam árabe nem usam o alcorão, NÃO!!!

Os novos terroristas estão por ai de terno, gravata, falando abertamente na televisão, na internet, no rádio, doutrinando pessoas para lutarem pela sua causa, em nome de um tal "Jesus"; Eles difamam, gritam, fazem ameaças de morte e até mesmo usam de violência física contra seus opositores.

Igualmente nos séculos anteriores, tínhamos a santa inquisição, que perseguia e matava, hoje temos a santa evangélica inquisição, amordaçando pessoas, punindo outras só lhe falta matar pessoas em praça pública também.

Busquemos mais o amor ao próximo, evitemos mais as causas próprias e saibamos mais respeitar a opinião alheia.

UL: União dos Livres

Nenhum comentário