16 de jan de 2014

Repórter da CNN inala maconha e fala ao vivo com apresentador



cnn-maconha
Uma repórter veterana da rede de TV americana CNN protagonizou uma cena inusitada ao falar ao vivo, aos risos, depois de ter inalado maconha durante uma matéria no Colorado. O estado americano legalizou o uso recreativo da erva, gerando uma onda de empreendedorismo em torno de seu consumo.
Randi Kaye acompanhava um grupo numa tour de limousine por diversas lojas onde a maconha é vendida, e gravava enquanto os entrevistados fumavam dentro do carro. Depois de um tempo, ficam claros os sinais de que ela inalou a maconha “por tabela”.
Questionada pelo apresentador Anderson Cooper, Randi admitiu ter tido “contato” com a maconha, e ter sentido a cabeça esquisita. Ela diz que esqueceu quais perguntas faria aos entrevistados, e que sentiu mais vontade de rir que o habitual.
No fim, a repórter parecia bastante feliz e animada com a experiência.
Uma pesquisa encomendada pela CNN apontou que 12% dos entrevistados acham que fumar maconha é mais perigoso que ingerir álcool, enquanto 73% pensam o contrário – que consumir álcool é mais perigoso que maconha.
Assista ao vídeo:

Fonte: http://info.abril.com.br/

Dobson Lobo é CEO do site União dos Livres desde 2008, do site A Bio Defesa desde 2014e do site The Zika Virus desde 2016. 

0 comentários: