Bassam Sabbagh, delegado da Síria na OPAQ, informou na reunião realizada ontem em Haia que os ataques foram cometidos contra os depósitos nas proximidades da cidade de Homs e num subúrbio de Damasco, mas as autoridades sírias conseguiram repelir os terroristas. Entretanto, Sabbagh não precisou quando foram perpetrados os ataques e quem foi o responsável pelos mesmos.